Santa Maria é o único município do Rio Grande do Sul onde a soma da renda dos domiciliados, declarada na Receita Federal, é maior do que o PIB do município. Isto significa que grande parte do valor resultante da produção dos municípios vizinhos fica na cidade, onde residem grande parte dos proprietários, e não retorna para os produtores sob forma de investimento.

Essa é uma das constatações do sociólogo Renato de Oliveira, ex-secretário-adjunto de Estado da Ciência e Tecnologia. Ele palestrará nessa sexta-feira, a partir das 19h, na Câmara Municipal de Santa Maria, durante evento organizado pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB). Renato fala sobre as características da região e aponta caminhos para a economia.

– Santa Maria é o município com o maior volume relativo de depósitos bancários à vista, ou seja, dinheiro disponível nos bancos, sem aplicação financeira e muito menos investimento produtivo, e o maior volume de depósitos em poupança – continua o sociólogo.

Sua palestra faz parte do encontro promovido pelo PSB com os diretórios dos municípios da Região Central – Alto do Jacuí, Médio Alto Uruguai e Rio da Várzea. O evento é para dar as diretrizes dos congressos municipais da sigla, entre os dias 25 de agosto e 10 de outubro. “Também é uma maneira de alinharmos muitas ações do partido e passarmos aos presidentes municipais, vereadores e demais socialistas as principais ações que estão sendo feitas”, informou o presidente estadual do PSB, Mário Bruck.

De acordo com Bruck, um dos temas é a Autorreforma promovida pelo PSB Nacional, com a qual o PSB vai atualizar seu estatuto e adequá-lo à atual situação do Brasil. “O Brasil mudou muito, e o PSB está atendo a essas mudanças para que possa, cada vez mais, lutar por aquilo que interessa a toda a sociedade, e não a apena pequenos nichos”, continuou o presidente do PSB.

O evento tem duração prevista de cerca de duas horas e deverá contar com a participação de representação de socialistas gaúchos, como como secretários estaduais e deputados estaduais e deputados federais.

Image