Os encontros ocorrerão sempre no último domingo de cada mês para troca de conhecimentos históricos e culturais

Confraria de Estudos e Resgate Histórico

Trata-se de um importante grupo que tem por objetivo trocar conhecimento e buscar uma maneira viável de resgatar fatos, datas e personagens históricos da região

        Com o crescente descaso com a história e cultura, e entendendo a necessidade de transmitir aos jovens a história do povo rio-grandense, um grupo de amigos resolveu criar no dia 30 de janeiro, no município de Itaara, a “Confraria de Estudos e Resgate Histórico”. Trata-se de um importante grupo que tem por objetivo trocar conhecimento e buscar uma maneira viável de resgatar fatos, datas e personagens históricos da região e que fizeram parte da história do Rio Grande do Sul. Durante a reunião foi escolhido o nome de Confraria de Estudos e Resgate Histórico de Itaara. Os encontros ocorrerão sempre no último domingo de cada mês para troca de conhecimentos históricos e culturais. A primeira reunião foi realizada na residência do Dr. Airton Ribeiro da Silva, um apaixonado pela história e cultura gaúcha, e contou com importantes participações,  como o Prefeito Silvio Weber, o renomado historiador e escritor Jorge Telles, o historiador e escritor Carlos Gomide, e o pesquisador Cezar Stock que há muito tempo vem contribuindo para que a história e cultura se mantenham sempre vivas no município de Itaara.

Franciele Canabarro Volpatto
Editora da Empresa Jornalística Águas da Serra Ltda
Image